Pular para o conteúdo

A Quem Pertence A Guiana Francesa

A Guiana Francesa é um território ultramarino francês localizado na América do Sul, que desperta o interesse de muitos devido à sua rica biodiversidade e à presença do Centro Espacial Guianês. No entanto, a soberania sobre a região ainda é um assunto controverso e disputado por diferentes países e grupos. Este artigo busca esclarecer a questão sobre a quem pertence a Guiana Francesa, explorando sua história, contextos políticos e argumentos envolvidos na discussão.

Por que a Guiana Francesa pertence à França?

Contexto histórico

A Guiana Francesa é um território ultramarino francês localizado na América do Sul. Sua história inicia-se no século XVI, quando os franceses começaram a explorar a região em busca de ouro. Durante os séculos XVII e XVIII, a França estabeleceu diversas colônias na região, mas a Guiana Francesa permaneceu como um território pouco habitado e explorado.

Tratado de Utrecht

No início do século XVIII, a França e a Inglaterra assinaram o Tratado de Utrecht, que encerrou a Guerra da Sucessão Espanhola. Entre outras questões, o tratado estabeleceu que a França deveria ceder algumas de suas colônias na América do Norte e concedeu à Inglaterra o direito de explorar a região da Guiana.

Domínio francês

Em 1763, a França perdeu para a Inglaterra a maior parte de suas colônias na América do Norte, incluindo a região onde hoje se encontra os Estados Unidos. Com isso, os franceses passaram a concentrar seus esforços nas colônias que ainda possuíam, como a Guiana Francesa. A partir do século XIX, o território passou a ser utilizado como uma colônia penal, e muitos prisioneiros foram enviados para lá.

Atualidade

Com o tempo, a Guiana Francesa deixou de ser uma colônia penal e passou a ser um território ultramarino francês. Hoje em dia, a região é conhecida por abrigar a base de lançamento de foguetes de Kourou, utilizada para lançar satélites e missões espaciais. Além disso, a Guiana Francesa é um importante centro de biodiversidade, com uma grande variedade de espécies animais e vegetais.

Qual Guiana pertence ao Brasil?

Contexto histórico

Desde o século XVII, o atual território da Guiana Francesa foi objeto de disputa entre as potências coloniais europeias, com Portugal, Espanha, Holanda, Inglaterra e França tentando estabelecer controle sobre a região. Em 1817, a França finalmente conseguiu estabelecer uma colônia na área, que se tornou uma dependência do departamento ultramarino francês em 1946.

Guiana Francesa e Guiana

A Guiana Francesa é um departamento ultramarino da França, localizado na costa norte da América do Sul, entre o Suriname a oeste e o Brasil a leste e sul. Já a Guiana é um país independente, que faz fronteira com o Brasil a sul e com o Suriname a oeste.

Guiana pertencente ao Brasil?

Não há nenhuma Guiana que pertença ao Brasil. A região conhecida como Guiana é composta por três países: Guiana Francesa, Guiana e Suriname. O Brasil faz fronteira com a Guiana Francesa e com a Guiana, mas não tem nenhum tipo de controle sobre esses territórios.

Portanto, é importante esclarecer que não há nenhuma Guiana pertencente ao Brasil. A Guiana Francesa é um território ultramarino da França, enquanto a Guiana é um país independente.

Qual a situação da Guiana Francesa hoje em dia?

Política

Atualmente, a Guiana Francesa é um departamento ultramarino da França, o que significa que é uma região administrativa integralmente ligada ao governo francês. Como tal, a Guiana Francesa é representada no parlamento francês por dois deputados e um senador.

Economia

A economia da Guiana Francesa é baseada principalmente na indústria espacial, com o Centro Espacial Guianense sendo uma das principais fontes de emprego e renda na região. Além disso, a pesca e a mineração também são importantes setores econômicos.

Sociedade

A população da Guiana Francesa é composta principalmente por afro-guianenses, crioulos e ameríndios. A região também abriga uma significativa população de imigrantes, principalmente do Haiti e do Brasil. A Guiana Francesa é conhecida por sua rica diversidade cultural e suas tradições indígenas.

Meio ambiente

A Guiana Francesa é coberta por uma densa floresta tropical, o que a torna uma importante região de biodiversidade. No entanto, a região também enfrenta desafios ambientais, como o desmatamento e a mineração ilegal, que afetam negativamente a flora e a fauna locais. O governo francês tem tomado medidas para proteger a biodiversidade da região, incluindo a criação de reservas naturais e parques nacionais.

Por que a Guiana Francesa não é independente?

Contexto Histórico

A Guiana Francesa é um território ultramarino da França localizado na América do Sul. A região foi colonizada pelos franceses no século XVII e, desde então, foi palco de diversas disputas territoriais entre potências europeias. Em 1946, a Guiana Francesa foi elevada à categoria de departamento francês, o que significou sua completa integração à França e, consequentemente, à União Europeia.

Benefícios da Integração

A Guiana Francesa tem diversos benefícios por ser um departamento francês, como o acesso à seguridade social e à educação gratuita. Além disso, a região recebe investimentos significativos do governo francês em áreas como infraestrutura, saúde e tecnologia. Também há a possibilidade de os cidadãos guianenses se deslocarem livremente para a França continental e outros países da União Europeia.

Não houve demanda pela independência

Ao contrário de outros territórios ultramarinos franceses, como a Martinica e a Guadalupe, a Guiana Francesa nunca teve uma demanda significativa pela independência. Isso se deve, em parte, aos benefícios da integração à França, que tornam a independência menos atraente para a população local. Além disso, a Guiana Francesa é um território rico em recursos naturais, o que também pode desencorajar a busca pela independência.

A região é um departamento francês e, como tal, é totalmente integrada à França e à União Europeia, o que traz benefícios significativos para seus cidadãos.

Guiana Francesa é pobre

Contexto

A Guiana Francesa é um território ultramarino da França localizado na América do Sul, com uma área de cerca de 83.534 km² e uma população de aproximadamente 290.000 habitantes. A economia do país é baseada principalmente em atividades como a mineração, a pesca, a agricultura e o turismo.

Indicadores econômicos

Apesar de ser um território francês, a Guiana Francesa é considerada uma das regiões mais pobres da França e da União Europeia. De acordo com o Banco Mundial, em 2019 o PIB per capita da Guiana Francesa foi de US$ 18.627, o que representa apenas 37,5% da média da União Europeia. Além disso, a taxa de desemprego no país é uma das mais altas da França, chegando a cerca de 20% em 2021.

Desigualdade social

Outro fator que contribui para a pobreza na Guiana Francesa é a desigualdade social. A população do país é composta principalmente por imigrantes de países vizinhos, como Suriname, Brasil e Haiti, que muitas vezes enfrentam condições precárias de trabalho e moradia. Além disso, a violência e a criminalidade são problemas graves na região.

Investimentos do governo francês

O governo francês tem realizado investimentos na Guiana Francesa para tentar melhorar a situação econômica e social do país. Em 2018, foi anunciado um plano de investimentos de € 1,1 bilhão em áreas como saúde, educação, infraestrutura e segurança. No entanto, ainda é necessário um esforço conjunto dos governos francês e local para superar os desafios enfrentados pelo país.

Guiana Francesa moeda

Qual é a moeda oficial da Guiana Francesa?

A moeda oficial da Guiana Francesa é o euro, assim como em toda a França e em outros países europeus que adotaram a moeda única.

Por que a Guiana Francesa adotou o euro como moeda?

A Guiana Francesa é um departamento ultramarino da França, o que significa que é considerada uma região francesa com status especial. Como tal, a Guiana Francesa usa o euro como moeda oficial por ser um território francês.

Como funciona o sistema financeiro na Guiana Francesa?

A Guiana Francesa é considerada parte da União Europeia em termos de política monetária e fiscal. Isso significa que o Banco Central Europeu é responsável pela política monetária e a Comissão Europeia é responsável pela política fiscal na Guiana Francesa, assim como em outros países da zona do euro.

Posso usar outras moedas na Guiana Francesa?

Apesar de o euro ser a moeda oficial, é possível encontrar locais que aceitam outras moedas, como o dólar americano e o real brasileiro. No entanto, é recomendado sempre ter euros em mãos para evitar problemas de conversão ou aceitação de outras moedas.

Mapa da Guiana Francesa

Localização da Guiana Francesa

A Guiana Francesa é um departamento ultramarino francês localizado na costa norte da América do Sul. Faz fronteira com o Brasil a leste e sul, o Suriname a oeste e o Oceano Atlântico ao norte.

Características do Mapa da Guiana Francesa

O mapa da Guiana Francesa apresenta seu território e sua divisão administrativa em municípios. É possível identificar as principais cidades, rios e estradas que cruzam o departamento.

Principais Cidades da Guiana Francesa

  • Cayenne: é a capital da Guiana Francesa e a maior cidade do departamento. Localizada na costa do Oceano Atlântico, é um importante centro econômico e político.
  • Saint-Laurent-du-Maroni: é a segunda maior cidade da Guiana Francesa e está localizada na fronteira com o Suriname. É um importante centro de comércio e turismo.
  • Kourou: é uma cidade localizada na costa do Oceano Atlântico, conhecida por abrigar o Centro Espacial de Kourou, base de lançamento de foguetes da Agência Espacial Europeia.

Divisão Administrativa da Guiana Francesa

A Guiana Francesa é dividida em dois arrondissements (distritos) e vinte e dois municípios:

  • Arrondissement de Cayenne
    • Cayenne
    • Iracoubo
    • Kourou
    • Macouria
    • Matoury
    • Montsinéry-Tonnegrande
    • Rémire-Montjoly
    • Roura
  • Arrondissement de Saint-Laurent-du-Maroni
    • Apatou
    • Awala-Yalimapo
    • Grand-Santi
    • Mana
    • Maripasoula
    • Papaïchton
    • Saint-Élie
    • Saint-Georges
    • Saint-Laurent-du-Maroni
    • Sinnamary

Qual a capital da Guiana Francesa

Capital da Guiana Francesa

A capital da Guiana Francesa é Cayenne. É a cidade mais populosa do território, com uma população de cerca de 60 mil habitantes. Além de ser a capital, Cayenne também é o centro econômico e cultural da Guiana Francesa.

Localização

Cayenne está localizada na costa norte da América do Sul, banhada pelo Oceano Atlântico. Faz fronteira com o Suriname a oeste e com o Brasil ao sul e leste.

Características

Cayenne é uma cidade vibrante, com muitas atrações turísticas, como o Museu Departamental da Guiana, a Catedral de São Salvador e o Mercado Central. A cidade é famosa por suas praias, florestas tropicais e rios, oferecendo muitas atividades ao ar livre. Além disso, Cayenne é um importante porto comercial e um centro de transporte para a região.

: Guiana Francesa, capital, Cayenne, localização, características, turismo, economia.

Guiana Francesa onde fica

Localização Geográfica

A Guiana Francesa é um território ultramarino francês localizado na costa norte da América do Sul. Ela é banhada pelo Oceano Atlântico e faz fronteira com o Brasil a leste e ao sul, e com o Suriname a oeste.

Coordenadas Geográficas

A Guiana Francesa está localizada entre as latitudes 2° e 6° sul e as longitudes 51° e 54° oeste.

Capital

A capital da Guiana Francesa é Cayenne, que fica localizada na costa norte do país.

Área

A Guiana Francesa possui uma área de 83.846 km², o que a torna o maior departamento ultramarino da França.

População

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística e Estudos Econômicos da França, a população da Guiana Francesa é de cerca de 294.071 habitantes.

Idioma Oficial

O idioma oficial da Guiana Francesa é o francês, mas também são falados crioulo guianense, português, espanhol e inglês.

Guiana Francesa idioma

Idioma oficial

O idioma oficial da Guiana Francesa é o francês, sendo utilizado em todos os setores da sociedade, incluindo governo, educação e comunicação.

Outros idiomas presentes na Guiana Francesa

Além do francês, a Guiana Francesa também possui uma grande diversidade linguística devido à sua população multicultural. Algumas das línguas faladas na região são:

  • Creole Guianense: um crioulo baseado no francês, amplamente falado pela população local.
  • Português: devido à proximidade com o Brasil, muitos habitantes da Guiana Francesa falam português.
  • Ameríndias: várias línguas indígenas são faladas na região, incluindo wayana, palikur, kalinã, entre outras.

Influência do idioma na cultura da Guiana Francesa

O francês é uma parte essencial da cultura da Guiana Francesa, influenciando não apenas a língua falada, mas também a culinária, a música e as tradições culturais. Além disso, a diversidade linguística da região é valorizada e celebrada como um aspecto importante da identidade cultural da Guiana Francesa.

Presidente da Guiana Francesa

Quem é o presidente da Guiana Francesa?

O atual presidente da Guiana Francesa é Rodolphe Alexandre, que assumiu o cargo em abril de 2016.

Quais são as funções do presidente da Guiana Francesa?

O presidente da Guiana Francesa é o chefe de estado da região e representa o governo francês na Guiana. Ele é responsável por garantir a segurança e a proteção dos cidadãos, administrar os recursos e serviços públicos, além de promover o desenvolvimento econômico e social da região.

Como é escolhido o presidente da Guiana Francesa?

O presidente da Guiana Francesa é escolhido por meio de eleições diretas, realizadas a cada cinco anos. Qualquer cidadão francês que resida na Guiana Francesa pode se candidatar ao cargo.

Qual é a importância do presidente da Guiana Francesa para a região?

O presidente da Guiana Francesa é uma figura crucial para o desenvolvimento e a estabilidade da região. Ele é responsável por liderar e coordenar as políticas públicas, além de representar e defender os interesses dos cidadãos da Guiana Francesa junto ao governo francês. Seu papel é fundamental para garantir o bem-estar e o progresso da região.

: Presidente da Guiana Francesa, funções, escolha, importância, Rodolphe Alexandre.

Quem nasce na Guiana Francesa é

Quem nasce na Guiana Francesa é chamado de guianense francês

Assim como em outros países, quem nasce na Guiana Francesa possui uma denominação específica. No caso desse território ultramarino francês, a pessoa é chamada de guianense francês.

Essa expressão é utilizada tanto para se referir a indivíduos nascidos na Guiana Francesa quanto para designar a nacionalidade deles. Ou seja, alguém que nasceu na Guiana Francesa e possui cidadania francesa é um guianense francês.

Guianense francês é considerado cidadão francês

A Guiana Francesa é um departamento ultramarino da França, o que significa que está sob a jurisdição do país europeu. Dessa forma, os guianenses franceses possuem os mesmos direitos e deveres dos cidadãos franceses que vivem no continente europeu.

Isso inclui, por exemplo, o direito de votar nas eleições francesas e a obrigação de pagar impostos para o governo francês. Além disso, os guianenses franceses possuem livre circulação dentro do território da União Europeia.

Conclusão

Apesar das disputas históricas sobre a soberania da Guiana Francesa, atualmente ela é considerada um departamento ultramarino da França, pertencendo, portanto, ao território francês.

A Guiana Francesa é um território ultramarino da França, localizado na América do Sul. Sendo assim, pertence à República Francesa.

O que você achou da nossa review?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?