Pular para o conteúdo

Quem é Dono da Braskem

A Braskem é uma das maiores empresas petroquímicas do mundo, com presença em mais de 70 países e uma receita líquida de mais de 50 bilhões de reais em 2019. A empresa é responsável por produzir uma ampla gama de produtos químicos e plásticos que são usados ​​em todo o mundo. No entanto, a pergunta que muitas pessoas se fazem é: quem é o dono da Braskem? A resposta não é tão simples quanto parece e envolve uma série de fatores complexos que precisam ser considerados. Neste artigo, vamos explorar a história da Braskem, seus acionistas e como a propriedade da empresa é estruturada.

Quem é o dono da Braskem hoje?

Introdução

A Braskem é uma das maiores empresas petroquímicas do mundo, com atuação em diversos países e setores. Mas, afinal, quem é o dono da Braskem hoje? Neste artigo, vamos explicar detalhadamente a estrutura acionária da empresa e quem são seus principais acionistas.

Estrutura acionária da Braskem

A Braskem é uma empresa de capital aberto, ou seja, suas ações são negociadas na bolsa de valores. A empresa possui dois tipos de ações: ordinárias (com direito a voto) e preferenciais (sem direito a voto).

Acionistas controladores

Os acionistas controladores da Braskem são a Petrobras e a Odebrecht. A Petrobras detém 36,1% das ações ordinárias e 47% das ações preferenciais da empresa, enquanto a Odebrecht possui 38,3% das ações ordinárias e 50,1% das ações preferenciais.

Outros acionistas

Além dos acionistas controladores, a Braskem possui diversos outros acionistas, incluindo investidores institucionais e pessoas físicas. De acordo com o último balanço divulgado pela empresa, os principais acionistas minoritários são:

  • BlackRock, com 5,1% das ações ordinárias e 4,6% das ações preferenciais;
  • The Vanguard Group, com 4,1% das ações ordinárias e 4,0% das ações preferenciais;
  • BNY Mellon, com 3,2% das ações ordinárias e 2,9% das ações preferenciais;
  • Dimensional Fund Advisors, com 3,1% das ações ordinárias e 2,8% das ações preferenciais.

Quem controla a Braskem?

Acionistas da Braskem

Os acionistas da Braskem são os responsáveis por controlar a empresa. Atualmente, 36,1% das ações da companhia pertencem à Petrobras e 50,1% são da Odebrecht S.A. Os outros 13,8% são negociados na bolsa de valores.

Petrobras

A Petrobras é uma empresa de capital aberto controlada pelo governo brasileiro. Ela é a maior acionista da Braskem, com 36,1% das ações. A relação entre as duas empresas é estratégica, já que a Petrobras fornece matérias-primas para a Braskem produzir seus produtos.

Odebrecht S.A.

A Odebrecht S.A. é uma empresa privada brasileira que atua em diversos setores, incluindo construção, petroquímica e engenharia. Ela detém 50,1% das ações da Braskem, o que lhe dá o controle majoritário da companhia.

Conselho de Administração

O Conselho de Administração da Braskem é composto por 11 membros, sendo cinco indicados pela Odebrecht, quatro pela Petrobras e dois independentes. O presidente do Conselho é eleito pelos membros e não tem direito a voto.

Diretoria Executiva

A Diretoria Executiva da Braskem é responsável pela gestão diária da empresa. Ela é composta por sete membros, sendo quatro indicados pela Odebrecht e três pela Petrobras. O presidente da companhia é escolhido pelo Conselho de Administração.

De quem é a Braskem no Brasil?

Controladores da Braskem

A Braskem é uma empresa brasileira de grande porte e líder na produção de resinas termoplásticas na América Latina. Ela é controlada por duas empresas que possuem participações iguais de 50%: a Petrobras, estatal brasileira de petróleo, e a Odebrecht S.A., conglomerado empresarial brasileiro.

Petrobras

A Petrobras é uma empresa estatal brasileira de petróleo criada em 1953. Ela é a maior empresa do Brasil e é responsável por cerca de 10% do PIB do país. A Petrobras possui 50% das ações com direito a voto da Braskem e é um dos controladores da empresa.

Odebrecht S.A.

A Odebrecht S.A. é um conglomerado empresarial brasileiro fundado em 1944. O grupo tem atuação em diversos setores, como engenharia, construção, indústria química e petroquímica. A Odebrecht também possui 50% das ações com direito a voto da Braskem e é um dos controladores da empresa.

Considerações finais

Portanto, a Braskem é uma empresa controlada igualmente pela Petrobras e pela Odebrecht S.A., ambas com participações de 50% das ações com direito a voto. Essa estrutura de controle tem sido alvo de críticas e investigações devido a escândalos de corrupção envolvendo a Odebrecht S.A. e a Petrobras.

Quando a Odebrecht comprou a Braskem?

Contexto Histórico

A Odebrecht iniciou suas atividades no setor petroquímico em 1965, com a criação da Petroquímica União S.A. (PQU). Em 2002, a Odebrecht se associou à Petrobras para a criação da Braskem, a maior petroquímica da América Latina.

A Aquisição da Braskem pela Odebrecht

Em 2010, a Odebrecht adquiriu o controle acionário da Braskem, por meio de uma oferta pública de ações (OPA). A compra foi realizada em conjunto com a Petrobras, que também aumentou sua participação na empresa.

Impacto da Aquisição

Com a aquisição da Braskem, a Odebrecht se tornou a maior empresa do setor petroquímico da América Latina. A transação também permitiu à Odebrecht ampliar sua atuação em diversos países, como Estados Unidos, México, Argentina, Venezuela, Chile, Colômbia, Peru, entre outros.

Situação Atual da Braskem

Atualmente, a Braskem é uma empresa de capital aberto, com ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) e na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE). A Odebrecht possui participação acionária na empresa, mas não tem mais o controle majoritário. Em 2020, a Braskem passou por uma reestruturação societária, com a fusão de suas operações com a Petrobras, por meio da criação da empresa Braskem Petroquímica S.A. (BRP).

Braskem é brasileira

O que significa “Braskem é brasileira”?

A frase “Braskem é brasileira” significa que a empresa Braskem é de origem brasileira, ou seja, foi fundada e é sediada no Brasil. A empresa é uma das maiores petroquímicas do país e atua em diversos segmentos, como produção de polietileno, polipropileno, PVC e outros produtos químicos.

Por que é importante destacar que a Braskem é brasileira?

Destacar que a Braskem é uma empresa brasileira é importante por diversos motivos. Primeiramente, isso demonstra a força e capacidade do país em desenvolver e gerenciar grandes empresas de alcance internacional. Além disso, essa informação pode ser importante para investidores que buscam empresas nacionais para investir e contribuir para o desenvolvimento da economia do país.

O que isso significa para a economia brasileira?

O fato de a Braskem ser uma empresa brasileira significa que ela tem um grande impacto na economia do país. A empresa gera empregos diretos e indiretos, além de contribuir para o desenvolvimento da indústria nacional. Além disso, a Braskem é uma das maiores exportadoras brasileiras, o que ajuda a equilibrar a balança comercial do país.

Sua atuação em diversos segmentos da indústria química e sua presença internacional demonstram a capacidade do Brasil em desenvolver grandes empresas e se destacar no mercado global.

O que a Braskem produz

Petroquímicos

A Braskem é uma empresa petroquímica que produz diversas resinas termoplásticas, como polietileno, polipropileno, PVC e outros polímeros. Esses materiais são utilizados em diversos setores, como embalagens, construção civil, automotivo, entre outros.

Químicos básicos

Além dos petroquímicos, a Braskem também produz químicos básicos, como cloro, soda cáustica e ácido clorídrico. Esses produtos são utilizados em diversos setores, desde a fabricação de produtos de limpeza até a produção de alimentos.

Produtos renováveis

A Braskem também investe em tecnologias para a produção de produtos renováveis, como o plástico verde, feito a partir da cana-de-açúcar. Essa iniciativa tem como objetivo reduzir a pegada de carbono da empresa e contribuir para a sustentabilidade do planeta.

Inovação

A Braskem investe constantemente em pesquisa e desenvolvimento de novos materiais e tecnologias. A empresa possui um centro de inovação que tem como objetivo criar soluções que atendam as necessidades dos seus clientes e contribuam para o avanço da indústria.

Braskem é privada

O que significa ser uma empresa privada?

Uma empresa privada é uma organização que é de propriedade e controlada por indivíduos ou entidades privadas, em vez de ser de propriedade pública ou governamental. Isso significa que a Braskem é uma empresa privada, ou seja, sua propriedade pertence a acionistas privados, e não ao público em geral ou ao governo.

Como isso afeta a operação da Braskem?

Sendo uma empresa privada, a Braskem tem mais flexibilidade e autonomia em suas operações. Ela não precisa se preocupar com a pressão de acionistas públicos ou com a interferência do governo em suas decisões de negócios. Isso pode permitir que a empresa tome decisões mais rapidamente e com mais eficiência, e possa se adaptar mais facilmente às mudanças do mercado.

Qual é a diferença entre uma empresa privada e uma empresa pública?

Uma empresa pública é de propriedade do governo ou do público em geral, enquanto uma empresa privada é de propriedade de indivíduos ou entidades privadas. As empresas públicas precisam se preocupar com a regulamentação governamental, transparência e prestação de contas, além de responder aos interesses dos acionistas públicos. Já as empresas privadas têm mais liberdade em suas operações e podem se concentrar mais em maximizar seus lucros e crescimento.

Braskem e estatal

O que é a Braskem?

A Braskem é uma empresa brasileira, líder na produção de resinas termoplásticas nas Américas, com presença em 70 países e mais de 8 mil funcionários. Fundada em 2002, a empresa é resultado de uma parceria entre a Petrobras e a Odebrecht.

A participação estatal na Braskem

Desde sua fundação, a Braskem tem a participação do Estado brasileiro, por meio da Petrobras. Inicialmente, a estatal detinha 36,1% das ações da Braskem, mas em 2010, vendeu parte de sua participação para a Odebrecht, reduzindo sua fatia para 28,7%.

No entanto, mesmo com a redução da participação, a Petrobras ainda é a principal acionista da Braskem, seguida pela Odebrecht. Em 2019, a Petrobras anunciou a intenção de vender sua participação na Braskem, como parte de seu plano de desinvestimentos.

Implicações da participação estatal na Braskem

A participação estatal na Braskem tem gerado discussões e controvérsias devido aos escândalos de corrupção envolvendo a Petrobras e a Odebrecht, que culminaram na Operação Lava Jato. Além disso, a presença da Petrobras na Braskem pode gerar conflitos de interesses, já que a estatal também é responsável pela exploração e produção de petróleo e gás natural, matérias-primas utilizadas pela Braskem em sua produção.

Por outro lado, a participação estatal também traz benefícios para a Braskem, como acesso a recursos financeiros e tecnológicos, além de uma maior segurança para investidores, já que a Petrobras é uma empresa sólida e consolidada no mercado.

Braskem Odebrecht

Quem é Dono da Braskem?

A Braskem é uma empresa petroquímica brasileira, fundada em 2002, que atua em diversos segmentos da indústria química. A empresa é uma joint venture entre a Petrobras e a Odebrecht, sendo a Petrobras detentora de 36,1% das ações e a Odebrecht, através da sua subsidiária petroquímica, a Braskem S.A., detentora de 38,3% das ações.

A participação da Odebrecht na Braskem

A Odebrecht é uma empresa brasileira de engenharia e construção, fundada em 1944, que expandiu seus negócios para diversos setores, incluindo o petroquímico. Através de sua subsidiária, a Braskem S.A., a Odebrecht é a maior acionista da Braskem, com 38,3% das ações.

Em 2019, a Odebrecht enfrentou uma crise financeira e de imagem, decorrente de escândalos de corrupção envolvendo seus executivos e sua relação com o governo brasileiro. Como parte de seu plano de reestruturação, a Odebrecht colocou à venda sua participação na Braskem, buscando levantar recursos para pagar suas dívidas.

O impacto da crise da Odebrecht na Braskem

A crise da Odebrecht teve um impacto negativo na Braskem, já que a empresa é vista como parte do mesmo grupo empresarial e também foi envolvida em escândalos de corrupção. Em 2016, a Braskem concordou em pagar US$ 957 milhões em multas nos Estados Unidos e no Brasil, após admitir ter pago subornos a funcionários públicos para obter vantagens em contratos.

A venda da participação da Odebrecht na Braskem também pode afetar a estrutura societária da empresa, já que a Odebrecht é a maior acionista e detém um assento no conselho de administração. Caso a participação da Odebrecht seja vendida para um novo acionista, a estrutura de poder da empresa pode ser alterada.

Braskem Maceió

Localização e história

A Braskem Maceió é uma unidade industrial localizada em Alagoas, na cidade de Marechal Deodoro. Foi inaugurada em 1978 com o objetivo de produzir cloro, soda e PVC.

Explosão em 2019

Em 2019, a unidade foi palco de uma explosão que resultou na morte de dois funcionários e deixou outros feridos. A Braskem assumiu a responsabilidade pelo acidente e iniciou um processo de indenização às vítimas e suas famílias.

Impacto ambiental

Além do acidente, a Braskem Maceió também é alvo de críticas devido ao seu impacto ambiental. A unidade está localizada em uma região de manguezal e é acusada de causar danos à flora e fauna locais.

Medidas de segurança e sustentabilidade

Após o acidente de 2019, a Braskem Maceió implementou diversas medidas de segurança e investiu em tecnologias mais sustentáveis. A empresa afirma estar comprometida em reduzir seu impacto ambiental e garantir a segurança de seus funcionários e da comunidade local.

Braskem onde fica

Localização da Braskem

A Braskem é uma empresa brasileira de grande porte que atua no segmento petroquímico. Sua sede está localizada na cidade de São Paulo, no bairro de Pinheiros.

Além da sede, a empresa possui diversas unidades industriais distribuídas pelo Brasil, em estados como Bahia, Alagoas, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Internacionalmente, a Braskem também possui unidades em outros países, como Estados Unidos, México e Alemanha. A empresa tem uma atuação global, exportando seus produtos para diversos países ao redor do mundo.

Importância da localização da Braskem

A localização das unidades industriais da Braskem é estratégica, pois permite a empresa estar próxima às fontes de matéria-prima utilizadas em sua produção, como petróleo e gás natural. Além disso, a proximidade com portos e aeroportos facilita a logística de distribuição dos produtos.

A presença da Braskem em diferentes regiões do Brasil também é importante para a economia do país, gerando empregos e movimentando a cadeia produtiva de diversos setores.

A Braskem é uma empresa brasileira com presença global, com sede em São Paulo e unidades industriais em diversos estados do Brasil e em outros países. Sua localização estratégica é importante para sua produção e distribuição de produtos, além de contribuir para a economia do país.

Braskem origem

O que é Braskem origem?

Braskem origem é um programa criado pela empresa Braskem com o objetivo de oferecer uma resina plástica de alta qualidade e com baixo impacto ambiental. A resina é produzida a partir de fontes renováveis, como cana-de-açúcar, e tem o objetivo de substituir o plástico de origem fóssil.

Como surgiu o Braskem origem?

O Braskem origem surgiu em 2010, quando a Braskem se juntou com a ETH Bioenergia, empresa do setor sucroalcooleiro, para desenvolver um novo tipo de plástico a partir da cana-de-açúcar. O projeto foi denominado de “Polímero Verde”. Em 2012, a Braskem lançou o primeiro lote comercial do plástico verde.

Quais são as vantagens do Braskem origem?

O Braskem origem tem diversas vantagens em relação ao plástico convencional, como:

  • Menor impacto ambiental;
  • Redução das emissões de gases de efeito estufa;
  • Redução da dependência de combustíveis fósseis;
  • Preservação dos recursos naturais.

Qual é a importância do Braskem origem?

O Braskem origem é importante por ser uma alternativa mais sustentável ao plástico convencional, que é produzido a partir de fontes fósseis e tem um alto impacto ambiental. Além disso, o programa tem o potencial de incentivar a transição para uma economia mais circular e de baixo carbono.

Conclusão

Apesar de ser uma empresa controlada pela Petrobras e Odebrecht, a Braskem possui acionistas minoritários e é uma empresa de capital aberto, o que significa que qualquer pessoa pode ser dona de uma parte da empresa ao adquirir suas ações na bolsa de valores.

Não é possível afirmar quem é o dono da Braskem, pois a empresa é uma sociedade de capital aberto e possui diversos acionistas. No entanto, suas principais controladoras são a Petrobras e a Odebrecht.

O que você achou da nossa review?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?