Pular para o conteúdo

Quem Foi Rei Depois de Salomão

A história do povo de Israel é repleta de líderes e governantes que deixaram sua marca no país. Entre eles, destaca-se a figura de Salomão, um dos reis mais famosos e poderosos da nação hebraica. No entanto, após a morte de Salomão, o trono de Israel passou por uma série de mudanças e conflitos políticos, que culminaram na divisão do reino em duas partes distintas. Neste artigo, vamos explorar quem foram os reis que sucederam Salomão e como eles influenciaram a história de Israel.

Quais os Reis depois de Salomão?

Após a morte do Rei Salomão, seu filho Roboão assumiu o trono de Israel, mas devido à sua postura arrogante, parte do reino se separou e formou o Reino de Israel do Norte, governado por Jeroboão. Enquanto isso, Roboão governou o Reino de Judá, que incluía a cidade de Jerusalém e as tribos de Judá e Benjamim.

A partir daí, uma série de reis governaram ambos os reinos, alguns com posturas mais justas e outros com comportamentos corruptos. Entre os reis mais conhecidos estão Asa, Josafá, Ezequias e Josias, que empreenderam reformas religiosas importantes em seus reinados. Também houve reis como Acabe, que se envolveu em conflitos com o profeta Elias, e Manassés, que introduziu práticas pagãs e foi responsável por grande parte da decadência do reino de Judá.

No final, ambos os reinos foram conquistados por potências estrangeiras – o Reino de Israel do Norte pelos assírios e o Reino de Judá pelos babilônios – resultando no exílio do povo judeu e na destruição do Templo de Jerusalém.

O que aconteceu com Israel depois de Salomão?

Depois da morte de Salomão, seu filho Roboão se tornou o rei de Israel. No entanto, Roboão não foi um bom governante e sua decisão de aumentar impostos levou à rebelião das tribos do norte, que se separaram do reino e formaram Israel. O reino de Judá, governado por Roboão, continuou existindo, mas perdeu grande parte de sua riqueza e poder.

Ambos os reinos enfrentaram ameaças externas, como a invasão da Assíria e da Babilônia. Israel foi conquistado pela Assíria em 722 a.C. e seu povo foi levado para o exílio. Judá sobreviveu por mais tempo, mas eventualmente foi conquistado pelos babilônios em 586 a.C. e também foi levado para o exílio. Após o exílio, os judeus retornaram à Judá e reconstruíram o Templo em Jerusalém, mas nunca mais tiveram um reino independente até a criação do estado moderno de Israel em 1948.

Quem assumiu o trono depois de Salomão?

Depois da morte de Salomão, seu filho Roboão assumiu o trono de Israel. No entanto, as tribos do norte, lideradas por Jeroboão, se separaram do reino de Judá e estabeleceram o Reino de Israel com Jeroboão como seu primeiro rei. Enquanto isso, Roboão governou o Reino de Judá.

Qual foi o último rei da linhagem de Davi?

O último rei da linhagem de Davi foi Zedequias. Ele reinou sobre Judá de 597 a.C. até 586 a.C., quando Jerusalém foi destruída pelos babilônios e ele foi capturado e levado para a Babilônia. Zedequias foi o filho de Josias e neto de Manassés, ambos reis de Judá.

De acordo com a Bíblia, Zedequias foi um rei fraco e desobediente a Deus. Ele se rebelou contra o rei da Babilônia, Nabucodonosor, e procurou ajuda do faraó do Egito. Isso resultou na destruição de Jerusalém e no exílio do povo de Judá para a Babilônia.

Após a queda de Judá, a linhagem real de Davi perdeu seu poder político, mas o povo judeu continuou acreditando na promessa de Deus de que um dia um descendente de Davi voltaria a governar sobre eles. Essa promessa foi cumprida com o nascimento de Jesus Cristo, que é descendente direto de Davi e é reconhecido pelos cristãos como o rei eterno de Israel.

Quem foi rei depois de Roboão

Depois de Roboão, filho de Salomão, o trono de Judá foi ocupado por seu filho Abias, que governou por três anos. Ele foi sucedido por seu filho Asa, que governou por 41 anos e foi considerado um rei justo e devoto a Deus. Depois de Asa, Judá teve uma série de reis, alguns bons e outros maus, incluindo Jeosafá, Jorão, Acazias, Atalia e Joás.

Qual foi o pecado de Roboão

De acordo com o artigo “Quem Foi Rei Depois de Salomão”, o pecado de Roboão foi a sua falta de sabedoria e discernimento na hora de governar o reino de Israel. Após a morte de seu pai, o sábio rei Salomão, Roboão se tornou o novo rei e precisava tomar uma decisão importante quanto aos impostos que seriam cobrados do povo.

Roboão não seguiu o conselho dos anciãos que aconselharam a diminuir a carga tributária, e sim o dos seus amigos mais jovens, que aconselharam a aumentar ainda mais os impostos. Isso gerou uma revolta no povo de Israel, que acabou resultando na divisão do reino em dois: Israel, ao norte, e Judá, ao sul.

Roboão foi um bom rei

O artigo sobre Quem Foi Rei Depois de Salomão aborda a história dos reis de Israel após a morte de Salomão. E, dentre eles, destaca-se Roboão, filho de Salomão, que governou o reino de Judá. Apesar de ter enfrentado algumas dificuldades no início do seu reinado, como a revolta das tribos do norte, Roboão foi considerado um bom rei, pois manteve a tradição religiosa e conseguiu estabelecer a paz no seu reino.

Como foi a morte de Roboão

Roboão foi o filho de Salomão e o último rei da linhagem de Davi a governar o Reino de Judá. De acordo com a Bíblia, ele reinou por 17 anos, de 931 a 913 a.C.

Roboão teve uma vida tumultuada como rei, enfrentando várias revoltas e desobediências ao Senhor. Finalmente, ele morreu aos 58 anos de idade em Jerusalém, e foi sucedido por seu filho Abias.

No geral, a morte de Roboão foi considerada um evento tranquilo, sem grandes conflitos ou complicações. No entanto, seu reinado foi marcado por muita instabilidade política e religiosa, o que acabou levando à queda do Reino de Judá e à conquista pelos babilônios.

Jeroboão era filho de Salomão

O artigo “Quem Foi Rei Depois de Salomão” destaca que Jeroboão foi um dos sucessores de Salomão no trono de Israel. Ele era filho de Salomão com uma das esposas estrangeiras que o rei havia tomado. Jeroboão acabou se tornando um rei bastante controverso e sua liderança foi marcada por conflitos religiosos e políticos.

Quantos filhos Salomão teve

De acordo com a Bíblia, Salomão teve muitos filhos, mas apenas três são nomeados: Reoboão, Abias e Asa. Reoboão sucedeu Salomão como rei de Judá, enquanto Jeroboão assumiu o trono de Israel após a morte de Salomão.

É importante notar que Salomão também teve muitas filhas, mas seus nomes não são mencionados na Bíblia.

Como foi o reinado de Roboão

Roboão foi o filho de Salomão e o sucessor do trono após a morte do pai. Ele reinou sobre o reino unificado de Judá e Israel por 17 anos. Infelizmente, Roboão não foi um bom líder e seu reinado foi marcado por conflitos e descontentamento do povo.

Roboão tomou decisões imprudentes, como aumentar os impostos e manter um exército grande, o que aumentou a insatisfação da população. Além disso, ele se afastou dos princípios de Deus e permitiu a adoração de ídolos.

Como resultado, dez tribos do norte se rebelaram contra Roboão e formaram seu próprio reino, chamado de Israel. O reino de Judá, governado por Roboão, continuou a existir, mas com muito menos poder do que antes.

No final do reinado de Roboão, o rei do Egito invadiu Judá e saqueou Jerusalém. Isso enfraqueceu ainda mais o reino e deixou o povo desanimado.

Quem foi a primeira esposa de Roboão

No artigo sobre quem foi Rei depois de Salomão, é mencionado que Roboão foi o sucessor de seu pai como rei de Judá. Sua primeira esposa foi Maalate, filha de Jerimote, de Bet-Abraão. No entanto, Roboão também teve muitas outras esposas e concubinas, conforme descrito na Bíblia.

Roboão governou Judá por 17 anos, mas seu reinado foi marcado por conflitos e divisões. Ele não conseguiu manter o reino unido e acabou perdendo várias cidades para o rei de Israel, Jeroboão. A história de Roboão pode ser encontrada no livro de 1 Reis, capítulos 11-14.

Seu reinado como rei de Judá foi marcado por conflitos e divisões.

Conclusão

Após a morte de Salomão, o reino de Israel se dividiu em duas partes, com reis distintos governando Judá e Israel. A história bíblica conta sobre os diferentes reinados, lutas políticas e religiosas que marcaram este período da história de Israel.
Após a morte do rei Salomão, seu filho Roboão assumiu o trono de Israel. No entanto, devido à sua postura arrogante e dura, o país se dividiu em dois: Israel, com dez tribos, e Judá, com duas tribos.

O que você achou da nossa review?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?