Pular para o conteúdo

Quem Foram os 12 Discípulos

Os 12 discípulos de Jesus Cristo são figuras fundamentais da Bíblia Sagrada e da história do cristianismo. Eles foram escolhidos pelo próprio Jesus para acompanhá-lo durante sua missão na Terra e para continuar seu legado após sua morte e ressurreição. Cada discípulo tinha uma personalidade e um papel único na história do cristianismo, e seu testemunho e ensinamento foram cruciais para espalhar a mensagem de Jesus pelo mundo. Neste artigo, vamos explorar quem eram os 12 discípulos e o que sabemos sobre suas vidas e ministérios.

Quem são os 12 discípulos de Jesus?

Introdução

Os 12 discípulos de Jesus são personagens importantes na história do cristianismo e foram escolhidos pelo próprio Jesus para serem seus seguidores próximos e para disseminar sua mensagem pelo mundo.

Lista dos 12 discípulos de Jesus

  • Simão Pedro
  • André
  • Tiago, filho de Zebedeu
  • João, irmão de Tiago
  • Filipe
  • Bartolomeu
  • Mateus
  • Tiago, filho de Alfeu
  • Simão, o Zelote
  • Judas Tadeu
  • Judas Iscariotes
  • Tomé

Características dos 12 discípulos de Jesus

Cada um dos discípulos de Jesus tinha sua própria personalidade e habilidades específicas. Alguns eram pescadores, outros eram coletores de impostos e outros eram simples trabalhadores. Apesar de suas diferenças, todos eles compartilhavam uma fé inabalável em Jesus e em sua mensagem de amor e salvação.

Importância dos 12 discípulos de Jesus

Os 12 discípulos de Jesus foram os primeiros a receber sua mensagem e a disseminá-la pelo mundo. Eles foram testemunhas oculares de seus milagres e ensinamentos e foram responsáveis por estabelecer as primeiras comunidades cristãs. Além disso, eles foram modelos de fé e dedicação a Jesus, inspirando gerações futuras a seguirem seus passos.

Onde está na Bíblia o nome dos 12 discípulos?

Os nomes dos 12 discípulos na Bíblia

Os nomes dos 12 discípulos são mencionados em vários lugares na Bíblia, tanto nos evangelhos sinóticos como em Atos dos Apóstolos. Abaixo estão os principais versículos que mencionam os nomes dos 12 discípulos:

Evangelho de Mateus 10:2-4

Nomes dos 12 discípulos mencionados: Simão (chamado Pedro), André (irmão de Pedro), Tiago (filho de Zebedeu), João (irmão de Tiago), Filipe, Bartolomeu, Tomé, Mateus (o cobrador de impostos), Tiago (filho de Alfeu), Tadeu, Simão (o zelote), Judas Iscariotes.

Evangelho de Marcos 3:16-19

Nomes dos 12 discípulos mencionados: Simão (chamado Pedro), Tiago (filho de Zebedeu), João (irmão de Tiago), André, Filipe, Bartolomeu, Mateus (o cobrador de impostos), Tomé, Tiago (filho de Alfeu), Tadeu, Simão (o zelote), Judas Iscariotes.

Evangelho de Lucas 6:14-16

Nomes dos 12 discípulos mencionados: Simão (chamado Pedro), André (irmão de Pedro), Tiago, João, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago (filho de Alfeu), Simão (o zelote), Judas (filho de Tiago), Judas Iscariotes.

Atos dos Apóstolos 1:13

Nomes dos 12 discípulos mencionados: Pedro, João, Tiago, André, Filipe, Tomé, Bartolomeu, Mateus, Tiago (filho de Alfeu), Simão (o zelote), Judas (filho de Tiago), Judas Iscariotes.

Esses versículos nos dão os nomes dos 12 discípulos que Jesus escolheu para serem seus apóstolos. Embora haja algumas variações nos nomes listados nos diferentes evangelhos, todos os quatro evangelhos concordam que havia 12 discípulos principais.

Como foi o chamado dos 12 discípulos de Jesus?

Chamado de Pedro e André

O chamado dos 12 discípulos de Jesus começou com Pedro e André, que eram irmãos e pescadores. Jesus os chamou enquanto eles lançavam suas redes no mar da Galileia. Ele disse a eles: “Sigam-me, e eu os farei pescadores de homens”. Pedro e André imediatamente deixaram suas redes e seguiram Jesus.

Chamado de Tiago e João

Logo depois, Jesus chamou Tiago e João, que também eram irmãos e pescadores. Eles estavam consertando suas redes com seu pai Zebedeu quando Jesus os chamou. Eles deixaram seu pai e seguiram Jesus imediatamente.

Chamado de Filipe

Mais tarde, Jesus encontrou Filipe e disse a ele: “Siga-me”. Filipe, que era de Betsaida, imediatamente se tornou um discípulo de Jesus.

Chamado de Mateus

Mateus era um coletor de impostos quando Jesus o chamou. Ele estava sentado em sua cabine de cobrança quando Jesus o chamou para segui-lo. Mateus deixou tudo para trás e seguiu Jesus.

Chamado de Tomé, Tiago (filho de Alfeu), Tadeu, Simão (o Zelote) e Judas Iscariotes

Não há registros específicos de como Jesus chamou esses últimos cinco discípulos. Sabemos que eles foram escolhidos por Jesus e se tornaram parte do grupo dos 12 discípulos.

No geral, o chamado dos 12 discípulos de Jesus foi uma experiência pessoal e direta com Jesus. Cada um dos discípulos foi chamado individualmente por Jesus e escolheu seguir a Ele como Seu discípulo. Eles deixaram tudo para trás e seguiram Jesus, dedicando suas vidas a propagar o Evangelho e ajudar os necessitados.

Qual foi a ordem que Jesus chamou os discípulos?

Introdução:

No artigo sobre Quem Foram os 12 Discípulos, uma das perguntas mais comuns é sobre a ordem em que Jesus chamou seus discípulos. Neste texto, vamos abordar especificamente esse tema, procurando esclarecer essa questão.

A ordem dos chamados:

De acordo com o Evangelho de Mateus (4:18-22), Jesus chamou primeiro Simão Pedro e seu irmão André, que eram pescadores:

“Caminhando ao longo do mar da Galileia, viu dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores. E disse-lhes: Vinde após mim e eu vos farei pescadores de homens. E eles, deixando as redes, seguiram-no”.

Em seguida, Jesus chamou outros dois irmãos, Tiago e João, que também eram pescadores:

“E adiantando-se dali, viu outros dois irmãos, Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, num barco com seu pai, consertando as redes, e chamou-os. Eles deixaram o barco e seu pai e o seguiram”.

De acordo com o Evangelho de Lucas (5:1-11), Jesus também chamou os discípulos Levi (também conhecido como Mateus), Filipe e Bartolomeu, mas não é especificado em que ordem ou momento isso aconteceu.

Conclusão

Portanto, a ordem em que Jesus chamou seus discípulos começou com Simão Pedro e André, seguidos por Tiago e João. Os outros discípulos foram chamados posteriormente, sendo Levi, Filipe e Bartolomeu alguns dos nomes mencionados em outros evangelhos.

Nome dos doze discípulos de Jesus

1. Simão Pedro

Simão Pedro era um pescador da cidade de Betsaida. Ele se tornou o líder dos discípulos e foi considerado o fundador da igreja cristã primitiva.

2. André

André era irmão de Pedro e também era pescador. Ele foi o primeiro discípulo a seguir Jesus.

3. Tiago, filho de Zebedeu

Tiago era irmão de João e filho de Zebedeu. Ele era conhecido como Tiago Maior para diferenciá-lo de Tiago, filho de Alfeu.

4. João, filho de Zebedeu

João era irmão de Tiago e filho de Zebedeu. Ele era conhecido como o discípulo amado de Jesus.

5. Filipe

Filipe era natural de Betsaida e foi um dos primeiros discípulos a seguir Jesus.

6. Bartolomeu ou Natanael

Bartolomeu era conhecido como Natanael e era amigo de Filipe. Ele era originário de Caná da Galiléia.

7. Mateus

Mateus era cobrador de impostos antes de se tornar discípulo de Jesus. Ele é reconhecido como o autor do Evangelho de Mateus.

8. Tomé

Tomé era conhecido como o incrédulo por duvidar da ressurreição de Jesus. Ele se tornou um dos mais fiéis seguidores de Jesus.

9. Tiago, filho de Alfeu

Tiago era conhecido como Tiago Menor para diferenciá-lo de Tiago, filho de Zebedeu.

10. Judas Tadeu

Judas Tadeu é mencionado apenas algumas vezes na Bíblia e pouco se sabe sobre ele. Ele é identificado como irmão de Tiago, filho de Alfeu.

11. Simão, o Zelote

Simão era chamado de Zelote por ser membro do grupo político dos zelotes, que lutavam contra a ocupação romana na Palestina.

12. Judas Iscariotes

Judas Iscariotes é conhecido como o traidor de Jesus. Ele entregou Jesus aos líderes religiosos por trinta moedas de prata.

Nome dos doze discípulos e suas características

1. Simão Pedro

Pedro era pescador, irmão de André. Ele foi o líder dos discípulos e também conhecido por ser impulsivo e apaixonado. Ele negou Jesus três vezes antes de sua crucificação, mas depois se tornou um grande pregador e líder da igreja cristã primitiva.

2. André

André era irmão de Pedro e também pescador. Ele foi o primeiro discípulo a seguir Jesus e é conhecido por ter levado seu irmão a Jesus. André era um homem simples e humilde, mas com grande zelo pela obra de Deus.

3. Tiago, filho de Zebedeu

Tiago era irmão de João e também pescador. Ele era conhecido por ser impetuoso e ambicioso, buscando um lugar de honra no reino de Deus. Tiago foi o primeiro dos doze discípulos a ser martirizado por sua fé em Jesus.

4. João, filho de Zebedeu

João era irmão de Tiago e também pescador. Ele era conhecido por ser o discípulo amado de Jesus e por sua personalidade tranquila e amorosa. João é autor de um dos quatro evangelhos do Novo Testamento e também escreveu as cartas de João e o Apocalipse.

5. Filipe

Filipe era de Betsaida e foi chamado por Jesus para segui-lo. Ele era conhecido por ser prático e objetivo, muitas vezes pedindo a Jesus explicações simples e claras. Filipe foi responsável por levar o eunuco etíope a Cristo (Atos 8:26-40).

6. Bartolomeu

Bartolomeu é também conhecido como Natanael. Ele era de Caná e foi apresentado a Jesus por Filipe. Bartolomeu era um homem sincero e honesto, e ficou surpreso ao ouvir Jesus dizer que o conhecia antes mesmo de Filipe o apresentar.

7. Tomé

Tomé era conhecido por sua incredulidade e por ter duvidado da ressurreição de Jesus. Ele ficou famoso por ter dito: “Se eu não vir nas suas mãos o sinal dos cravos, e ali não puser o dedo, e não puser a mão no seu lado, de maneira nenhuma acreditarei” (João 20:25). Mais tarde, Tomé se tornou um grande pregador da Palavra de Deus.

8. Mateus

Mateus era um coletor de impostos, uma profissão mal vista pelos judeus da época. Ele foi chamado por Jesus para segui-lo e se tornou um dos doze discípulos. Mateus é autor do evangelho que leva seu nome e é conhecido por ter sido um homem transformado pela graça de Deus.

9. Tiago, filho de Alfeu

Tiago, filho de Alfeu, era conhecido por ser um homem discreto e pouco mencionado nas Escrituras. Ele é mencionado como um dos doze discípulos e também como um dos irmãos de Jesus (Mateus 13:55).

10. Tadeu

Tadeu é também conhecido como Judas, não o Iscariotes. Ele era um discípulo pouco conhecido e mencionado nas Escrituras, mas é lembrado como um dos doze apóstolos.

11. Simão, o Zelote

Simão, o Zelote, é mencionado em algumas listas dos doze discípulos como Simão, o Cananita. Ele era conhecido por ser um judeu nacionalista, pertencente ao movimento dos zelotes, que lutava contra o domínio romano na Palestina. Simão foi chamado por Jesus para seguir a sua causa de forma pacífica.

12. Judas Iscariotes

Judas Iscariotes é conhecido por ter traído Jesus por trinta moedas de prata. Ele era o tesoureiro dos discípulos e roubava parte do dinheiro que era destinado aos pobres. Judas é lembrado como um traidor e seu nome se tornou sinônimo de traição.

quem foi o maior de todos os apóstolos?

No artigo “Quem Foram os 12 Discípulos”, é possível perceber que cada um dos apóstolos teve um papel importante na formação do cristianismo. No entanto, muitos se perguntam quem foi o maior de todos os apóstolos.

As diferentes opiniões sobre o maior apóstolo

Existem diferentes opiniões sobre quem foi o maior apóstolo. Alguns acreditam que foi Pedro, por ter sido o primeiro a confessar a divindade de Jesus (Mateus 16:16). Além disso, Pedro teve um papel importante na formação da igreja em Jerusalém, sendo considerado o primeiro bispo da cidade.

Outros acreditam que Paulo foi o maior apóstolo, por ter sido responsável por levar o evangelho para os gentios e por escrever a maior parte do Novo Testamento. Paulo também foi responsável por fundar diversas igrejas e por treinar outros líderes cristãos.

A importância de reconhecer a contribuição de cada apóstolo

Apesar das diferentes opiniões sobre o maior apóstolo, é importante reconhecer a contribuição de cada um deles. Todos tiveram um papel importante na formação do cristianismo e na divulgação do evangelho. Além disso, cada apóstolo tinha características únicas que contribuíram para a formação da igreja.

Pedro e Paulo são considerados por muitos como os mais importantes, mas é importante lembrar que cada apóstolo teve um papel fundamental na formação do cristianismo. Reconhecer a importância de cada um deles é fundamental para entender a história da igreja e do evangelho.

Como morreram os doze apóstolos

1. Simão Pedro

Pedro foi crucificado de cabeça para baixo em Roma, durante o reinado do imperador Nero, por se recusar a renunciar ao cristianismo.

2. Tiago, filho de Zebedeu

Tiago foi decapitado por ordem do rei Herodes Agripa, em Jerusalém, no ano 44 d.C.

3. João

João morreu de causas naturais em Éfeso, na atual Turquia, por volta do ano 100 d.C.

4. André

André foi crucificado em uma cruz em forma de X na Grécia, durante o reinado do imperador Nero.

5. Filipe

Filipe foi martirizado em Hierápolis, na atual Turquia, por volta do ano 80 d.C.

6. Bartolomeu

Bartolomeu foi esfolado vivo e depois crucificado na Armênia, por volta do ano 68 d.C.

7. Tomé

Tomé foi perfurado por lanças em Chennai, na Índia, no ano 72 d.C.

8. Mateus

Mateus foi martirizado na Etiópia, por volta do ano 60 d.C.

9. Tiago, filho de Alfeu

Tiago, filho de Alfeu, foi apedrejado até a morte em Jerusalém, por volta do ano 62 d.C.

10. Tadeu

Tadeu foi morto com flechas em Edessa, na Turquia, por volta do ano 72 d.C.

11. Simão, o Zelote

Simão, o Zelote, foi morto na Pérsia, por volta do ano 65 d.C.

12. Judas Iscariotes

Judas traiu Jesus e posteriormente se enforcou.

Nome dos doze apóstolos Catequese

Introdução

Na tradição cristã, os doze apóstolos são figuras importantes, pois foram escolhidos por Jesus para serem seus discípulos mais próximos e para espalhar sua mensagem pelo mundo. Aqui, vamos falar sobre cada um dos doze apóstolos e seu papel na história do cristianismo.

Simão, chamado Pedro

Pedro é considerado o líder dos doze apóstolos e é mencionado com frequência nos evangelhos. Ele é conhecido por ter sido o primeiro a reconhecer Jesus como o Messias e também por ter negado Jesus três vezes antes da crucificação.

André

André é irmão de Pedro e também foi um dos primeiros discípulos de Jesus. Ele é mencionado no evangelho de João como tendo sido um dos que ouviram João Batista e seguiram Jesus.

João

João é conhecido como o discípulo amado de Jesus e é mencionado com frequência nos evangelhos. Ele teria sido o único dos doze apóstolos a estar presente na crucificação de Jesus e também teria sido o primeiro dos discípulos a reconhecer Jesus como o Messias.

Tiago, filho de Zebedeu

Tiago era irmão de João e é mencionado nos evangelhos como um dos primeiros discípulos de Jesus. Ele é considerado um dos mártires cristãos mais antigos e teria sido executado por Herodes Agripa I.

Filipe

Filipe é mencionado nos evangelhos como um dos primeiros discípulos de Jesus. Ele é conhecido por ter trazido Natanael para conhecer Jesus e por ter pedido a Jesus que lhes mostrasse o Pai.

Bartolomeu

Bartolomeu é mencionado nos evangelhos como um dos doze apóstolos, mas pouco se sabe sobre sua vida e ministério. Alguns estudiosos acreditam que ele seja o mesmo que Natanael, mencionado no evangelho de João.

Mateus

Mateus era um cobrador de impostos antes de ser chamado por Jesus para ser um de seus discípulos. Ele é o autor do evangelho que leva seu nome e é conhecido por ter sido o responsável por registrar as palavras e os ensinamentos de Jesus.

Tiago, filho de Alfeu

Tiago, filho de Alfeu, é mencionado nos evangelhos como um dos doze apóstolos, mas pouco se sabe sobre sua vida e ministério.

Simão, o Zelote

Simão, o Zelote, é mencionado nos evangelhos como um dos doze apóstolos, mas pouco se sabe sobre sua vida e ministério. Ele é chamado de Zelote porque pode ter sido membro do partido político dos zelotes, que lutavam contra a dominação romana.

Judas, filho de Tiago

Judas, filho de Tiago, é mencionado nos evangelhos como um dos doze apóstolos, mas pouco se sabe sobre sua vida e ministério.

Judas Iscariotes

Judas Iscariotes é conhecido como o discípulo que traiu Jesus por trinta moedas de prata. Ele é mencionado nos evangelhos como um dos doze apóstolos e é conhecido por ter sido o responsável por entregar Jesus às autoridades romanas.

Considerações Finais

Os doze apóstolos são figuras importantes na história do cristianismo e cada um deles teve um papel importante na difusão da mensagem de Jesus pelo mundo. Apesar de pouco se saber sobre alguns deles, sua importância é inegável e sua influência pode ser vista até hoje na religião e na cultura ocidental.

Nome dos doze discípulos de Jesus versículo

Introdução

Os doze discípulos de Jesus foram escolhidos por Ele para serem seus seguidores mais próximos. Eles acompanharam Jesus durante seu ministério na Terra e foram responsáveis por continuar sua mensagem após sua morte e ressurreição.

Lista dos Doze Discípulos

No Evangelho de Mateus, capítulo 10, versículos 2-4, são apresentados os nomes dos doze discípulos:

  • Simão, chamado Pedro
  • André, seu irmão
  • Tiago, filho de Zebedeu
  • João, seu irmão
  • Filipe
  • Bartolomeu
  • Tomé
  • Mateus, o coletor de impostos
  • Tiago, filho de Alfeu
  • Tadeu
  • Simão, o Zelote
  • Judas Iscariotes, que mais tarde traiu Jesus

Significado dos Nomes

Alguns dos nomes dos discípulos têm significados interessantes:

  • Pedro significa “pedra” em grego e foi dado a Simão por Jesus.
  • André significa “masculino, guerreiro” em grego.
  • Tiago significa “aquele que segura o calcanhar” em hebraico.
  • João significa “Deus é misericordioso” em hebraico.
  • Filipe significa “amigo dos cavalos” em grego.
  • Bartolomeu é um nome hebraico que significa “filho de Tolmai”.
  • Tomé significa “gêmeo” em aramaico.
  • Tadeu significa “peito de coração” em aramaico.

Apóstolos de Jesus

Os apóstolos de Jesus foram os doze homens escolhidos pelo próprio Jesus para serem seus discípulos mais próximos. Eles foram testemunhas oculares dos ensinamentos e milagres de Jesus e foram instruídos a continuar sua missão após sua morte e ressurreição.

Os Doze Apóstolos

Os doze apóstolos eram Pedro, André, Tiago, João, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago (filho de Alfeu), Simão (o Zelote), Judas (filho de Tiago) e Judas Iscariotes.

O Papel dos Apóstolos

Os apóstolos foram responsáveis por espalhar as boas novas do evangelho e fundar igrejas em todo o mundo. Eles viajaram extensivamente, pregando e ensinando sobre Jesus e sua mensagem de amor e salvação.

O Legado dos Apóstolos

O legado dos apóstolos é inestimável. Eles foram os primeiros líderes da igreja cristã e são responsáveis por escrever muitos dos livros do Novo Testamento. Seu trabalho árduo e sacrifício pessoal permitiu que a mensagem de Jesus se espalhasse pelo mundo e mudasse a vida de inúmeras pessoas.

Seu legado é um testemunho do poder transformador do evangelho de Jesus Cristo.

Lucas era discípulo de Jesus

Quem foi Lucas?

Lucas era um médico e historiador grego que acompanhou o apóstolo Paulo em suas viagens missionárias. Ele também escreveu um dos quatro evangelhos do Novo Testamento.

Lucas como discípulo de Jesus

Embora não haja evidências diretas de que Lucas tenha sido um dos doze discípulos escolhidos por Jesus durante seu ministério terreno, há indícios de que ele tenha sido um seguidor de Jesus.

Alguns estudiosos acreditam que Lucas pode ter sido um dos setenta discípulos mencionados em Lucas 10:1, que Jesus enviou para pregar em cidades e aldeias antes de sua crucificação. Outros sugerem que Lucas pode ter se juntado aos discípulos após a ressurreição de Jesus e ter sido um membro da comunidade cristã primitiva em Jerusalém.

A relação de Lucas com os discípulos

Independentemente de sua posição como discípulo direto de Jesus, Lucas era um membro respeitado da comunidade cristã primitiva e tinha uma relação próxima com os discípulos. Ele provavelmente conheceu muitos deles pessoalmente e pode ter entrevistado alguns para escrever seu Evangelho, que é considerado o mais detalhado e cuidadoso dos quatro evangelhos.

Além disso, Lucas acompanhou o apóstolo Paulo em várias de suas viagens missionárias e pode ter se encontrado com outros discípulos durante essas viagens.

Conclusão

Os 12 discípulos foram homens simples que deixaram tudo para seguir Jesus Cristo e aprender com seus ensinamentos. Eles foram escolhidos por Ele e se tornaram os pilares da Igreja Cristã, deixando um legado de fé e amor que perdura até os dias de hoje.

Os doze discípulos foram escolhidos por Jesus para serem seus seguidores mais próximos e para ajudá-lo em sua ministração. Eles foram responsáveis por espalhar a mensagem do evangelho por todo o mundo.

O que você achou da nossa review?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?