Pular para o conteúdo

Quem Ungiu os Pés de Jesus

O ato de ungir os pés de alguém era uma prática comum na cultura judaica do primeiro século. Era uma forma de honrar e mostrar respeito a um convidado especial. Na Bíblia, encontramos um relato emocionante sobre uma mulher que ungiu os pés de Jesus com um perfume caro. No entanto, a identidade desta mulher tem sido objeto de debate e controvérsia ao longo dos séculos. Quem foi ela? O que a motivou a realizar este gesto tão significativo? Neste artigo, vamos explorar algumas das teorias sobre quem ungiu os pés de Jesus e o que podemos aprender com essa história.

Quem lavou os pés de Jesus, qual Maria?

O episódio da lavagem dos pés de Jesus é um dos mais conhecidos e emocionantes da Bíblia. Ele ocorreu durante a última ceia de Jesus com seus discípulos, momentos antes de sua prisão e crucificação.

Segundo os evangelhos, uma mulher anônima lavou os pés de Jesus com suas lágrimas, enxugou-os com seus cabelos e os ungiu com um perfume caro. A identidade dessa mulher é um mistério, mas muitos acreditam que ela seja Maria Madalena, uma seguidora fiel de Jesus que teria sido curada por ele de sete demônios.

No entanto, outros estudiosos argumentam que a mulher em questão era Maria de Betânia, irmã de Lázaro, que também era um amigo próximo de Jesus. Eles apontam que a descrição da mulher como alguém que vivia “naquela cidade” indica que ela não era de Jerusalém, onde Maria Madalena teria nascido.

Independentemente de sua identidade, a atitude da mulher é vista como um gesto de amor e devoção a Jesus, que a elogiou dizendo que ela havia feito algo bonito e que sua história seria contada em todo o mundo.

Quem foi que quebrou o vaso de alabastro aos pés de Jesus?

No Evangelho de Lucas, o texto não menciona quem foi a pessoa que quebrou o vaso de alabastro aos pés de Jesus, apenas diz que era uma mulher pecadora da cidade. Já nos Evangelhos de Mateus e Marcos, a mulher é identificada como sendo Maria, irmã de Lázaro.

No entanto, o importante não é quem quebrou o vaso, mas sim o gesto de amor e devoção que essa pessoa demonstrou ao ungir os pés de Jesus com perfume caro e enxugá-los com seus cabelos.

Quem ungiu Jesus com unguento?

No artigo “Quem Ungiu os Pés de Jesus”, é explicado que a unção dos pés de Jesus com unguento foi realizada por uma mulher pecadora, que lavou seus pés com lágrimas e os enxugou com seus cabelos. Na época, os discípulos não concordaram com a atitude da mulher, mas Jesus a defendeu e elogiou sua fé.

A pecadora que ungiu os pés de Jesus estudo

O artigo “Quem Ungiu os Pés de Jesus” explora a história bíblica de uma mulher pecadora que ungiu os pés de Jesus com perfume. O autor do artigo faz uma análise profunda do contexto histórico e cultural da época em que a história aconteceu, e discute as possíveis interpretações do gesto da mulher.

Segundo o autor, a mulher provavelmente era uma prostituta ou uma pecadora pública, e seu gesto de unção foi uma forma de demonstrar sua gratidão e devoção a Jesus. O autor também discute a reação dos fariseus e dos discípulos de Jesus ao gesto da mulher, e as diferentes interpretações que eles deram a ele.

No final do artigo, o autor conclui que a história da pecadora que ungiu os pés de Jesus é um exemplo poderoso do amor e da misericórdia divina, e que a mensagem central da história é a importância da fé e do arrependimento.

Quem lavou os pés de Jesus na Bíblia

No Evangelho de João, é relatado que foi Maria, irmã de Lázaro e Marta, quem lavou os pés de Jesus com perfume e enxugou com seus cabelos (João 12:1-8). Já nos Evangelhos sinóticos (Mateus, Marcos e Lucas), é mencionado um episódio em que uma mulher pecadora unge os pés de Jesus com perfume e lágrimas, e os enxuga com seus cabelos (Mateus 26:6-13, Marcos 14:3-9, Lucas 7:36-50).

Apesar das diferenças nos relatos, é possível que sejam o mesmo episódio, com algumas variações entre os evangelhos. No entanto, é importante ressaltar que a tradição cristã não se preocupa tanto em definir quem exatamente realizou esse gesto, mas sim em destacar a humildade e o amor expressos por aqueles que servem e cuidam dos outros.

Independentemente de quem tenha lavado ou ungido os pés de Jesus, a Bíblia nos ensina que esse gesto simboliza a humildade, o serviço, a devoção e o amor que devemos ter uns pelos outros, seguindo o exemplo do próprio Jesus.

Quem lavou os pés de Jesus com lágrimas

No artigo “Quem Ungiu os Pés de Jesus”, é mencionado que uma mulher pecadora lavou os pés de Jesus com lágrimas e enxugou com seus cabelos. Ela também ungiu seus pés com perfume. Essa mulher foi criticada pelos fariseus presentes, mas Jesus a elogiou por sua fé e amor.

Esse episódio é relatado em Lucas 7:36-50 e é um exemplo de como Jesus acolhia e amava aqueles que eram considerados marginalizados e pecadores pela sociedade. É um lembrete para nós de que não devemos julgar os outros e que todos são dignos do amor e perdão de Deus.

A pecadora que ungiu os pés de Jesus CPAD

O artigo “Quem Ungiu os Pés de Jesus” aborda a história bíblica de uma mulher pecadora que, ao encontrar Jesus em uma casa, ungiu seus pés com um perfume caro e enxugou-os com seus cabelos. O texto traz uma reflexão sobre a importância da gratidão e da humildade diante de Deus, além de destacar o perdão oferecido por Jesus àquela mulher. A CPAD (Casa Publicadora das Assembleias de Deus) publicou um livro intitulado “A pecadora que ungiu os pés de Jesus”, que aborda mais detalhadamente essa história e suas lições espirituais.

Quem lavou os pés de Jesus com perfume

O relato bíblico de João 12:1-8 conta que foi Maria, irmã de Lázaro, quem lavou os pés de Jesus com perfume. Ela quebrou um frasco de alabastro contendo nardo puro e derramou sobre os pés de Jesus, enxugando-os com seus cabelos.

Este ato de amor e devoção de Maria é frequentemente lembrado como um exemplo de humildade e serviço aos outros. Jesus elogiou Maria, dizendo que ela havia feito algo bonito por ele e que seu gesto seria lembrado para sempre.

Pregação a pecadora que ungiu Jesus

A pregadora aborda o relato bíblico de Lucas 7:36-50, em que uma mulher pecadora unge os pés de Jesus com perfume e lágrimas. Ela fala sobre a coragem da mulher em se aproximar de Jesus, mesmo sabendo de seu passado pecaminoso, e como isso mostra a importância do arrependimento e do perdão. A pregadora também destaca a atitude dos fariseus, que julgavam a mulher e questionavam a autoridade de Jesus. Ela enfatiza a mensagem de que todos somos pecadores e precisamos reconhecer nossa necessidade de salvação e perdão, e que Jesus é o único capaz de nos libertar do pecado e da condenação.

Quem lavou os pés de Jesus e secou com os cabelos

No Evangelho de Lucas, capítulo 7, uma mulher pecadora lava os pés de Jesus com suas lágrimas e os seca com seus cabelos, em um gesto de humildade e devoção. Muitos a criticam por sua condição de pecadora, mas Jesus a defende e a perdoa, elogiando seu gesto de amor e fé.

Chora aos pés de Jesus versículo

O versículo “E, estando ele em Betânia, assentado à mesa, em casa de Simão, o leproso, veio uma mulher que trazia um vaso de alabastro, com ungüento de nardo puro, de muito preço, e quebrando o vaso, lho derramou sobre a cabeça. E alguns houve que em si mesmos se indignaram e disseram: Para que se fez este desperdício de ungüento? Porque podia vender-se por mais de trezentos dinheiros e dá-los aos pobres. E bramavam contra ela. Jesus, porém, disse: Deixai-a, por que a molestais? Ela fez-me boa obra. Porque sempre tendes os pobres convosco, e podeis fazer-lhes bem, quando quiserdes, mas a mim nem sempre me tendes. Ela fez o que pôde: antecipou-se a ungir o meu corpo para a sepultura. Em verdade vos digo que, onde quer que este evangelho for pregado em todo o mundo, também o que ela fez será referido em memória dela.” (Marcos 14:3-9)

Quem Ungiu os Pés de Jesus?

Embora haja divergências entre os evangelhos, o fato é que uma mulher pecadora ungiu os pés de Jesus com perfume, demonstrando amor e gratidão pelo perdão recebido. Esse gesto nos ensina sobre a importância da humildade e do reconhecimento da nossa condição pecadora diante de Deus.

“Quem Ungiu os Pés de Jesus” é uma das histórias mais emocionantes da Bíblia, que mostra o amor e a devoção de uma mulher que reconheceu a grandeza de Cristo. Seu ato de ungir os pés de Jesus com um perfume precioso é uma inspiração para todos os cristãos, que devem buscar seguir o exemplo de amor e entrega de Cristo.

O que você achou da nossa review?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Sigam nossas mídias sociais

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?